Turismo

Pontos de atração turística

Barragem do benfica: Represa de extraordinário valor econômico, turístico e paisagístico, distante 8km do centro da cidade, sem poluição, acumulando 40 milhões de metros cúbicos de água. Além da beleza natural, ali são praticados esportes náuticos. A represa regulariza a vazão do Rio São João, possibilita a geração de energia a empresas da cidade e tem, às margens, sítios e clubes de altíssimo nível, como o Iate Clube de Itaúna, a AABB e o Condomínio Lago do Sol, onde funciona também o Hotel Lago do Sol.

Capela do Rosário: Jóia de alto valor da arquitetura primitiva do Brasil, sob a invocação de Sant'Ana, foi iniciada em 1750 e terminada em 1765. Nela, foi celebrada a primeira missa, em 1766, pelo padre José Teixeira de Camargo, nascido na terra, filho do português Tomás Teixeira, um dos fundadores de Itaúna, ao lado do líder Gabriel da Silva Pereira e Manoel Neto de Melo. Todos, muito religiosos, casados com filhas do bandeirante João Lopes de Camargo, tiveram filhos que se ordenaram padres. Em 1853, foi permutada, por iniciativa dos padres pregadores de missão, pela capelinha do Rosário, que os pretos edificaram, em horas de folga, em 1840, na parte baixa da cidade. Sant'Ana desceu e Nossa Senhora do Rosário subiu o morro.

Capela do Senhor do Bonfim: Construída em suas terras, no antigo morro da Santa Cruz em 1853, pelo fazendeiro tenente José Ribeiro de Azambuja. Era local de peregrinação anual obrigatória da população do arraial, e depois da cidade, no dia da Santa Cruz, 3 de Maio. A Capela pode ser visitada a qualquer hora, pois um vigia permanente tem a chave da mesma. Seu acesso é pela MG-050, entre o trevo principal de Itaúna e o trevo de acesso a Pará de Minas, e fica a aproximadamente 2,5 km do centro da cidade, no morro do Bonfim, de onde se avista toda a cidade.

Estância Mineral Água Viva: Localizada nas proximidades da Barragem do Benfica, no local onde Lei Estadual definiu como "Estância hidromineral" e onde se encontra a Fonte "Olhos d'Água", com belíssima paisagem natural, com trilhas, bosques, fonte de água e uma piscina natural da mais pura água mineral.

Gruta da Nossa Senhora de Itaúna: Logradouro aprazível, recanto de paz e tranqüilidade, símbolo da fé dos itaunenses, onde a Virgem Santíssima apareceu a personagens de Itaúna. Um dos videntes, Ovídio Alves de Souza, falecido, homem muito sério e respeitado, farmacêutico responsável, deu credibilidade ao acontecimento, hoje, ponto obrigatório de oração e cumprimento de promessas por quantos pisam o solo sagrado daquele santo ambiente. O Bispo José Belvino autorizou a confecção da imagem da santa, desenhada pelo artista plástico itaunense Antônio Avimar Menezes, de acordo com a descrição do Dr. Ovídio Alves de Souza. E no dia 27 de julho de 2002, quando foram completados 47 anos da primeira aparição, foi feita a entronização da imagem na Gruta. A Gruta está localizada à rua Sesóstres Milagres, s/n, no bairro de Lourdes e fica a aproximadamente 1,5 km do centro da cidade.

Museu Municipal Francisco Manoel Franco: Inaugurado no dia 18 de setembro de 1992 com o objetivo de resgatar a memória da cidade, bem como, preservar e divulgar a cultura itaunense. Com um acervo bastante heterogêneo, procura conciliar o passado com o presente, promovendo o conhecimento e a valorização da nossa identidade cultural. Serviços prestados: Além das exposições de objetos históricos/culturais (exposições permanentes e temporárias), realiza eventos culturais como as Serestas. O Museu Municipal recebe a cada ano um grande número de visitantes tanto de escolas quanto de pessoas da comunidade em geral. No ano de 2005, passou a oferecer também atendimento a pesquisas sobre dados gerais/história da cidade de Itaúna (pesquisa escolar e pessoal), o que tem engrandecido as suas funções, principalmente, a de educação informal da instituição.

Horário de visitação:
Segunda a sexta-feira: de 7:00 às 17:00.
Aos sábados e domingos: de 7:00 às 11:00 e de 12:30 às 17:00.

Praça Dr. Augusto Gonçalves: Apresenta-se como a mais importante referência urbana para os itaunenses. Anteriormente chamada de Benedito Valadares, a praça recebeu este nome em homenagem ao Dr. Augusto Gonçalves de Souza Moreira, primeiro prefeito da cidade após a emancipação política-administrativa de Itaúna, em 16 de setembro de 1901. Abriga as principais instituições municipais e bancárias, serviços e comércios, bem como a Igreja Matriz de Senhora Santana. É, portanto, o pólo religioso, político e comercial da cidade. Além de espaço de passagem obrigatório para quem se desloca na região urbana, a Praça Dr. Augusto Gonçalves mantém-se como um importante local de sociabilidade, ponto de encontro de crianças, jovens, adultos e idosos. Tudo isso é beneficiado pela sombra de suas frondosas árvores, pelo mobiliário urbano que ela contém.

© Prefeitura Municipal Itaúna 2013-2016 | Todos os direitos reservados
Praça Doutor Augusto Gonçalves, 538 - Centro - CEP 35680-054. Central Telefônica - +55 37 3241-1212