Ir para o conteúdo

Prefeitura de Itaúna - MG e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Itaúna - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social TikTok
Rede Social Youtube
Rede Social Receba as notícias de Itaúna em primeira mão! Faça parte do grupo oficial da Prefeitura.
Secretarias / Departamentos
Secretaria de Cultura e Turismo
Gruta Nossa Senhora de Itaúna

Segundo consta, na antiga Vila Mozart, hoje Bairro de Lourdes, próximo à residência do Sr. Mozart havia um caminho que ia até o alto do morro do Mirante, atual Bairro Santo Antônio. Esse caminho havia sido formado pelas enxurradas que desaguava no rio São João, caminho este que passou a ligar a Vila com o outro lado da cidade, ou seja, com a Rua Direita, hoje Av. Getúlio Vargas e com o alto do Rosário.

Devido às enxurradas este caminho era esburacado e perigoso, dando origem a grandes barrancos que eram cobertos por samambaias, avencas e tantas outras folhagens de coloridos diversos. Uma fauna muito rica.

Segundo relatos, algumas crianças ao descerem uma grota se viram numa situação difícil e atemorizados clamaram pela Virgem Santíssima se deparando com uma visão da Virgem Maria sob um cupim. A notícia se espelhou rapidamente e um caminho começou a ser construído em volta da lagoa chegando até a Gruta. Romarias foram acontecendo sucessivamente, até que alguns dias depois, a Virgem Santa apareceu também para Otaviano Gentil de Castro (o Baiano), depois para João Queiroz e Ovídio Alves de Souza que a viram diversas vezes em tempos alternados durante um ano. Ovídio e Baiano receberam duas mensagens que foram levadas ao conhecimento da Igreja Local e diocesana. Nessas mensagens Nossa Senhora pediu para que se erguesse um altar e que fosse feito muitas orações para haver o milagre da conversão.

Em ocasiões mais espaçadas, as aparições foram acontecendo, sendo a última ocorrida em 15/08/1961.

Com o tempo novos moradores foram se instalando na região. Através de barraquinhas, doações o todo o terreno foi comprado do Sr. Mozart. e foi construído uma Gruta sobre o cupim onde apareceu Nossa Senhora e a devoção se fortificando.

No dia 29 de janeiro de 1956, o proprietário do terreno cercou o local para vendê-lo. O povo foi buscar uma solução junto ao Sr. Ovídio, farmacêutico que começou a ter visões da Santa, que juntos com o Revmo Pe. José Netto conseguiram comprar o terreno.

Após limpeza do terreno pela Prefeitura e Tiro de Guerra, o povo construiu um oratório.

No ano de 1989 foi erguido uma capela no entorno da Gruta, a Capela Nossa Senhora de Itaúna. Assim, ao redor da gruta, lugar de reflexão, silêncio, oração e paz, surgiu uma nova comunidade, sob uma história mística de fé, paz, esperança e muita solidariedade.

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia