Ir para o conteúdo

Prefeitura de Itaúna - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
30
30 JUN 2022
Julho Amarelo é o mês de conscientização e prevenção às Hepatites Virais
enviar para um amigo
receba notícias
Rede pública de saúde oferece prevenção e tratamento gratuito para portadores das referidas doenças

As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Trata-se de uma infecção que atinge o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves. Na maioria das vezes são infecções silenciosas, ou seja, não apresentam sintomas. Entretanto, quando presentes, elas podem se manifestar como: cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Com finalidade reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais, foi instituída no Brasil a campanha “Julho Amarelo”, por meio da Lei nº 13.802/2019.

Estas hepatites são inflamações causadas por vírus classificados pelas letras do alfabeto em A, B, C (mais frequentes no Brasil), D (menos frequente e mais comum na região Norte do país) e E (menor frequência no país). As infecções causadas pelos vírus das hepatites B ou C frequentemente se tornam crônicas. Contudo, por nem sempre apresentarem sintomas, grande parte das pessoas desconhecem ter a infecção. Isso faz com que a doença possa evoluir por décadas sem o devido diagnóstico. O avanço da infecção compromete o fígado, sendo causa de fibrose avançada ou de cirrose, que podem levar ao desenvolvimento de câncer e à necessidade de transplante do órgão.

Atualmente, existem testes rápidos para a detecção da infecção pelos vírus B ou C, que estão disponíveis no SUS para toda a população. Todas as pessoas precisam ser testadas pelo menos uma vez na vida para esses tipos de hepatite. Populações mais vulneráveis precisam ser testadas periodicamente. Além disso, ainda que a hepatite B não tenha cura, a vacina contra essa infecção é ofertada de maneira universal e gratuita no SUS, nas Unidades Básicas de Saúde. Já a hepatite C não dispõe de uma vacina que confira proteção. Contudo, há medicamentos que permitem sua CURA.

Em Itaúna, o Serviço Especializado em HIV e Hepatites Virais (SAE), localizado no CEMO - Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas Dr. Ovídio Nogueira Machado oferece o tratamento e a medicação para todas as pessoas que vivem com Hepatite B ou C. O teste é gratuito e pode ser realizado em qualquer Posto de saúde e no CEMO.


Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia