Ir para o conteúdo

Prefeitura de Itaúna - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
14
14 JAN 2022
Cuide da saúde ao manter contato com alagamentos ou enchentes
enviar para um amigo
receba notícias
Risco de contaminação e doenças se dá pela água, por ferimentos na pele ou até pela ingestão de alimentos infectados

Para quem teve contato com pontos de alagamentos ou enchentes decorridos das fortes chuvas que cairam na cidade nos últimos dias, A Secretaria de Saúde faz um alerta importante. As inundações aumentam os riscos de aquisição de doenças infecciosas graves, transmitidas por água contaminada, seja por contato direto das pessoas com a água/lama ou pela ingestão de água / alimentos contaminados pelas enchentes / inundações.

Dentre estas doenças temos a leptospirose, causada por uma bactéria eliminada a partir da urina de animais, principalmente pelo rato de esgoto, e que sobrevive no solo úmido e na água. Essa bactéria pode penetrar no organismo por meio do contato da pele e de mucosas com a água ou lama contaminadas das enchentes. A infecção também pode ocorrer por ingestão, uma vez que as inundações podem contaminar a água de uso doméstico e os alimentos.

Temos também a Hepatites A, causada por um vírus de transmissão fecaloral (contato de fezes com a boca), por meio da ingestão de água e alimentos contaminados ou diretamente de uma pessoa para outra. Lembramos que o SUS oferece gratuitamente (todas as unidades) vacina contra esta doença para todas as crianças de 1 ano e 3 meses ou até 5 anos incompletos caso não tenham recebido na idade preconizada, além de contemplar pessoas atingidas por inundações. Já a Hepatite E ainda não existe vacina disponível, tem transmissão e evolução semelhantes à Hepatite A, porém está mais associada à inundações.

O tétano é causado pela contaminação de ferimentos com bactérias normalmente encontradas no ambiente (solo, esterco, superfície de objetos). Os transtornos causados pelas enchentes (remoção de entulhos e lama etc.) podem ser fatores facilitadores para ferimentos. A profilaxia pode ser feita por meio da vacinação, dependendo do tipo de ferimento, além dos cuidados com a parte atingida. Em adultos não vacinados, o esquema completo é feito com três doses, necessitando de reforços periódicos e em situações específicas são antecipados.

Vale lembrar que as chuvas podem também facilitar a ocorrência de Dengue, uma vez que o acúmulo de água em qualquer recipiente (vasos de plantas, latas, pneus velhos etc.) permite a proliferação do Aedes Aegypti. As doenças diarreicas agudas de várias etiologias também estão associadas nesse período, sendo que algumas dessas possuem alto potencial de disseminação. Podem também, ser transmitidas por alimentos, devido às mãos mal lavadas de preparadores (portadores / assintomáticos ou doentes) destes itens.

Diante ao exposto, destacamos a importância da vacinação em dia; das medidas de limpeza e desinfecção geral que são essenciais para a prevenção das doenças; dos cuidados com os alimentos contaminados com água de enchente (estes devem ser desprezados, pois podem transmitir inúmeras doenças), além de utilizar somente água tratada para beber, lavar utensílios e superfícies da cozinha, fazer higiene das mãos e higiene pessoal.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia